O parque Hot Beach Olímpia é um dos diferenciais do projeto do empreendimento fracionado Hot Beach Suítes (HBS), também desenvolvido pelo Grupo Ferrasa, que está com um ano e meio de comercialização, já que os proprietários do Suítes terão livre acesso ao parque.

 

Com o parque, mais uma sala de vendas do HBS foi inaugurada, assim ampliando a possibilidade de vendas. O HBS já tem 65% de suas frações comercializadas e a previsão é que as vendas sejam finalizadas até março 2018.

 

Nessa entrevista, os sócios da UP! Administração e Marketing, que é responsável pela gestão de vendas do Hot Beach Suítes, Danilo Corgozinho, João Paulo Mansano e Marinilce Lamana; e o gerente de vendas e marketing do HBS, Alysson Teixeira de Faria, contam os benefícios que a inauguração do parque traz para a comercialização do HBS.


 

 

O que a inauguração do parque traz de benefícios para a comercialização do HBS?

 

Mansano – Hoje temos uma sala de vendas destinada a atender basicamente os hóspedes dos dois hotéis do Complexo Turístico Hot Beach, e outra para os clientes originados de captação na cidade e em parceiros comerciais. Com a inauguração do parque, temos a nossa terceira sala.

 

Corgozinho – Essa sala foi estrategicamente pensada, pois fica de frente para uma das principais atrações do parque: a praia com ondas. Com isso, o cliente fica mais motivado a adquirir nosso produto, pois já está vivenciando um dos principais atrativos e diferenciais do HBS.

 

TeixeiraOs proprietários do Hot Beach Suites terão acesso livre ao parque aquático Hot Beach Olímpia, reforçando o conceito “pé na areia” do empreendimento, e esse, juntamente com a associação à RCI são os dois grandes diferencias que os proprietários têm ao adquirir sua fração.

 

 

Para a UP!, será mais fácil a captação de clientes, agora com o parque? Qual a diferença de captar nas ruas e em parques?

Corgozinho – Não há uma forma fácil de captar. O sucesso de um empreendimento fracionado passa pela sua capacidade de prospecção e  formatos de captação: in house, off site, telemarketing, on site, etc. Como temos experiência e vivência em todos esses formatos e, juntamente, com a credibilidade da entrega do parque e ao Grupo Ferrasa temos totais condições de continuar desempenhando um excelente trabalho.

 

MarinilceO que diferencia abordagem de rua e em parque é o perfil do promotor de marketing e a forma de atuação do mesmo. A captação de rua, que é mais rápida, exige um perfil mais aguerrido e prático. Já para o parque, como temos mais tempo com o prospect, o perfil pode ser mais de relacionamento e argumentação.

 

MansanoVale ressaltar também que é sempre a imagem do empreendimento que está em jogo. Dessa forma, precisamos de muita atenção e respeito, em ambos os casos, para fazer isso de uma forma convidativa, divertida, inovadora e não invasiva.