Empresa mostra como trabalha para que profissionais de vendas de multipropriedade tenham motivação, segurança e prazer em prestar serviço para a companhia


Profissionais que atuam em vendas no setor de multipropriedade, os corretores de imóveis (liners e closers), trabalham como Pessoas Jurídicas, ou seja, sem vínculo empregatício, o que pode tornar a relação empresa e colaborador menos segura para ambos.

 

O Grupo GR, um dos principais players de multipropriedade do país, é bem-sucedido nessa relação com os corretores de imóveis, conseguindo uma fidelização à empresa. O Grupo possui dois projetos no estado de São Paulo: Royal Star Thermas Resort, em Olímpia e o Barretos Country Thermas Suítes, em Barretos. Possui um empreendimento em Rio Quente-GO, o Serra Madre Residence. E outros três projetos em Gramado-RS: Gramado Termas Resort, Gramado BV Resort e Gramado Exclusive Resort. Além dos empreendimentos já entregues que foram vendidos no sistema convencional pleno.

 

Ao todo, o Grupo GR possui aproximadamente dois mil colaboradores, em vários departamentos, construção civil, administrativo, jurídico, financeiro, etc. Desse número, cerca de 500 pessoas trabalham diretamente no setor de multipropriedade (captação de clientes, sala de vendas e pós-vendas).

 

‘’Nós acreditamos que o nosso principal e maior patrimônio são nossos consultores. Eles são a força que faz toda a engrenagem girar tendo o sucesso em vendas’’, afirma o diretor do Grupo GR, Pedro Rezende.

 

De acordo com Rodolfo Rezende, diretor do Grupo GR, a relação com os profissionais de vendas é totalmente diferente dos outros colaboradores, por eles serem Pessoas Jurídicas. Ele explica que esse relacionamento deve ser de ‘’prestador de serviço x empresa’’ e pautado na transparência. ‘’Trabalhamos com um bom comissionamento, pagamento em dia e temos o dia certo para entregarmos para os consultores os borderôs com as comissões’’.

 

Rodolfo conta que após verificar suas comissões, os corretores têm de quatro a cinco dias para ir ao administrativo e tirar as dúvidas. ‘’Colocamos duas pessoas full time, do administrativo e pós-vendas, para sanar dúvidas a respeito de comissão, inadimplência, cancelamento’’, diz o diretor do Grupo GR. ‘’Quando eles apontam uma coisa que ficou indevida, fazemos a correção e pagamos a diferença’’.

Ambiente agradável e sem pressão dá segurança

Festa de premiação pela temporada

 

Pedro Rezende aponta o ambiente de trabalho agradável um fator para fidelizar o colaborador. ‘’Acreditamos que se nossos colaboradores estão felizes com seu ambiente de trabalho não há porque procurar outras empresas’’.

 

Para manter esse bom clima na sala de vendas, Pedro diz que existe um limite para a pressão para atingir as metas de vendas e a empresa sempre procura conversar muito com os consultores, em vez de apenas cobrar deles. Outro ponto importante mencionado pelo diretor do Grupo GR é o corretor enxergar oportunidades de desenvolver a carreira. ‘’Temos vários exemplos de profissionais que subiram degraus dentro da hierarquia da sala de vendas’’.

Prêmios para motivar

Rodolfo Rezende com Sérgio Constância Junior e Catielen Vieira

 

‘’É preciso em nosso segmento que esses profissionais estejam sempre motivados, sempre dispostos a alcançar metas individuais e quando isso acontece, naturalmente alcançaremos nossa meta geral’’, afirma Pedro.

 

Para motivar os profissionais, Pedro aponta algumas ações, como: entrega de certificados mensais, em que os primeiros colocados nas vendas são reconhecidos; apresentação mensal do trabalho de pós-vendas para a sala de vendas; confraternizações; premiações e campanhas de vendas, como a que o Grupo GR realizou na temporada do meio do ano e entregou os prêmios aos vencedores no início do mês de novembro.

 

Para essa campanha, ao todo, foram distribuídos R$ 100.000,00 em prêmios. Os primeiros colocados das salas de vendas (captadores, liners e closers) e do administrativo e pós-venda ganharam viagens para qualquer local do país com acompanhante, mais passagens aéreas e R$ 1.000,00. Os segundos colocados receberam uma Smart TV 50 polegadas. O restante dos prêmios foram cheques de R$ 250,00, R$ 500,00, R$ 750,00 e R$ 1.000,00.

 

“Fazemos questão que a premiação e reconhecimento sejam para todos os departamentos: venda, pós-venda e administrativo, para que todos entendam que são do mesmo time, fazendo parte de algo maior. E que o trabalho de um departamento depende do outro para ter sucesso. Esse tipo de ação gera unidade e colaboração entre as equipes.”, finaliza Rodolfo Rezende.

Diretores do Grupo GR: Filipe, Gustavo, Winston, Rodolfo e Pedro