Executivo reforça equipe e assume RCI América do Sul, baseado a partir do Brasil


A RCI comunica a chegada do executivo Esteban Arce, que a assume a posição de head para a América do Sul na RCI. A vinda do Diretor Sênior de Desenvolvimento de Negócios para a América do Sul, que nos últimos anos atuou na matriz da empresa localizada no México, faz parte da nova estrutura anunciada em junho pelo Vice-Presidente Sênior de Desenvolvimento de Novos Negócios e Operações da RCI para América Latina, Juan Ignácio Rodriguez, em visita ao País.

Com mais de 20 anos de experiência profissional e especialização em estratégias para melhoria da qualidade, otimização de processos de vendas e desenvolvimento das áreas de relacionamento com o cliente, Arce integra o time global da RCI desde 2010, onde foi responsável por diversas unidades de negócios, vendas, terceirização de serviços, reservas e cobranças como Resort Services Solutions (RSS) e desenvolvimento de negócios.

O executivo reforça o desafio de liderar a região América do Sul que tem muitas peculiaridades, porém se apresenta como um mercado de oportunidades e em plena expansão. “A América Latina sempre apresentou desafios e adversidades importantes, como condições políticas, econômicas, segurança, questões climáticas, entre outras. No entanto, a indústria do turismo sempre foi criativa o suficiente para manter o crescimento, ano após ano, e é nosso dever, continuar pensando em inovação e execução, para continuar com esse crescimento”, reforça Arce.

A criação de uma estrutura denominada América do Sul dentro do organograma da empresa é uma resposta direta ao crescimento da RCI no Brasil. De acordo com Juan Ignácio Rodriguez, vice-presidente Sênior de Desenvolvimento de Novos Negócios e Operações da RCI para América Latina, o país representa, atualmente, uma parte muito importante dos negócios gerados pela América do Sul. A base da operação em São Paulo é também o reflexo positivo da gestão brasileira, que hoje tem como líder de operações Fabiana Leite, que está na companhia desde 2001 e assumiu a atual posição em julho.

“O plano de desenvolvimento da América do Sul a partir do Brasil é o reconhecimento de um modelo de gestão funcional que deve ser replicado. O objetivo é desenvolver ainda mais o mercado brasileiro em timeshare e multipropriedade e, ao mesmo tempo, acelerar o crescimento deste modelo de negócio em países da América do Sul”, finaliza o Rodriguez

Sobre a RCI®

A RCI é a empresa líder global em intercâmbios de férias, oferecendo um portfólio mais amplo e extraordinário de marcas afiliadas. Em 1974, a RCI revolucionou a indústria e se estabeleceu como pioneira no conceito de intercâmbio de férias, proporcionando aos sócios uma melhor experiência em termos de flexibilidade e versatilidade. Hoje, através de seus programas: RCI Weeks® (seu sistema de troca semana a semana) e RCI Points® (o primeiro sistema de intercâmbio com base em pontuações globais do setor), a RCI oferece opções flexíveis de férias para seus 3,9 milhões de membros. Os sócios têm acesso a mais de 4.300 resorts afiliados em 110 países. O programa de intercâmbio de luxo da RCI, The Registry Collection®, é o maior de sua categoria no mundo, tem aproximadamente 200 propriedades, em 6 continentes e está disponível para intercâmbio. O portfólio da marca RCI também inclui o Love Home Swap, um dos maiores programas de intercâmbio de casas do mundo, o DAE, empresa que permite o intercâmbio direto entre os membros do programa e a @Work International, um provedor de sistemas de gerenciamento para principais propriedades do setor. A RCI faz parte da Wyndham Destinations (NYSE: WYND). Para mais informações, visite a Sala de Imprensa ou o site rciaffiliates.com. Você também pode encontrar a RCI no Facebook, YouTube e Twitter.

Fonte: MAPA Comunicação Integrada