VIVER + WAM – Mais olhar para o próximo. Mais vida dentro de você!

Com este projeto de responsabilidade social, a WAM Brasil ajuda o desenvolvimento das comunidades e leva esperança, sonhos e alegria para pessoas carentes


Fundado pela maior comercializadora de multipropriedades imobiliárias da América Latina, o Projeto de Responsabilidade Social Viver + WAM tem a pretensão de ser positivamente transformador e nasceu pela necessidade de promover mais ação, mais motivação, mais superação e mais vida na vida de quem mais necessita. Envolvendo mais de 1500 pessoas atuantes, entre parceiros e colaboradores da WAM Brasil em causas solidárias, por seis Estados e oito cidades brasileiras, o projeto multiplica e impacta positivamente na vida de milhares de pessoas e suas comunidades.

Movimentando mais de R$ 8 bilhões em VGV e tornando-se referência do segmento compartilhado em apenas cinco anos de história, a WAM Brasil buscou reverter todo o seu potencial socioeconômico em exemplos de superação e motivação, fomentando e compartilhando atitudes por todo o país e abraçando pessoas que precisam de auxilio para viver a vida com mais esperança.

Em plena atividade, o Viver + WAM foi abraçado e se espalha para ser mais que um projeto, firmando-se como uma corrente do bem que se expande onde quer que a WAM Brasil esteja.

Equipes da WAM Brasil participam ativamente do projeto

Em PORTO SEGURO, equipes já promoveram: doação de tintas para restauração de patrimônios históricos, roupas e fraldas para crianças carentes; apoiaram atletas mirins da Meia Maratona Kids com uniforme, alimentação, transporte e preparação física; promoveram uma Caravana da Mulher para a população indígena, oferecendo consultas médicas gratuitamente;

Em CALDAS NOVAS apoiaram crianças encaminhadas pelo conselho tutelar e patrocinaram um atleta Taekwondo em busca dos seus sonhos;

Em OLÍMPIA e SÃO PEDRO também se empenharam na mobilização em prol de suas comunidades carentes, doando fraldas, alimentos e dias de muita alegria às pessoas carentes de afeto;

Em FLORIANÓPOLIS, equipes uniram-se para promover um aconchegante lanche da tarde repleto de carinho e alegria para mais de 59 idosos e crianças abrigadas por uma instituição social.

Em GRAMADO e CANELA, entregaram mais de 140 cestas básicas em benefício às crianças e adolescentes carentes da região.

Em SUZANO, mais 80 cadeiras escolares serão doadas à uma instituição de ensino necessitada de estrutura física para alunos carentes.

Confira como o Viver + impacta positivamente nas vidas das pessoas

Time da ONG + AÇÃO

A ONG Mais Ação, de Goiânia, existe há 11 anos e conta com o suporte da WAM Brasil para a escolinha de futebol e o projeto O Valor da Honestidade.

”O objetivo da Mais Ação é transformar vidas através do esporte”, conta o fundador da ONG, Leandro Sena. Para atingir esse objetivo, a + Ação possui um programa de escolinha de futebol, em que participam crianças e adolescentes de comunidades carentes, de 5 a 18 anos, sem cobrança de matrícula e mensalidade, e com direito a alimentação (pão e leite) e transporte sem custo para as viagens.

Leandro Sena conta que os times da escolinha participam de campeonatos de futebol, no estado de Goiás e em outros estados. Além do apoio da WAM, a Mais Ação também conta com suporte do Governo de Goiás e outras empresas privadas.

Outro projeto da ONG é o O Valor da Honestidade, em que são colocados estandes em edifícios públicos e empreendimentos comerciais em Goiânia, sem funcionários para fiscalizar, com venda de barras de chocolates ao valor de R$ 2,00 a unidade. O interessado em comprar deve depositar o valor de sua compra. ”O projeto ajuda a mensurar a honestidade das pessoas”, diz Leandro Sena, que explica que o valor arrecadado é usado para ajudar nos custos da + Ação.

A WAM Brasil também apoia esse projeto, com um estande de ‘O Valor da Honestidade’ em sua sede em Goiânia e ajudando a ONG a expandir o projeto em mais locais. ”O Marcos Freitas (sócio da WAM Brasil) é um entusiasta do Valor da Honestidade”, revela o fundador da ONG.

Patrocínio a atletas

Wallace Rodrigues e Leonardo Silva

Os promotores de marketing da WAM Brasil em Caldas Novas, Wallace Rodrigues e Leonardo Silva, formaram há cerca de três meses, quando iniciaram o emprego na empresa, uma dupla de futevôlei. Logo receberam o suporte com patrocínio da WAM Brasil, o que propícia para a dupla planos mais ousados no esporte.

De acordo com a dupla, a meta é conseguir jogar cada vez mais em alto nível e conseguir a profissionalização na modalidade esportiva. ”A gente não teria condições de trabalhar, treinar e viajar para disputar campeonatos sem o apoio da WAM Brasil”, diz Wallace Rodrigues.

Antes de formarem a dupla de futevôlei, os dois já tentaram seguir como jogadores de futebol. Leonardo chegou a jogar profissionalmente por 10 anos, em times como o Botafogo/PB e Red Bull/SP, mas uma lesão no joelho no ano passado, aos 29 anos, o afastou dos gramados e abriu as portas para as vendas compartilhadas e futevôlei. Já Wallace treinou futebol até a categoria Sub-20 no Gama/DF, mas teve que pendurar as chuteiras para trabalhar.

Desde a formação e suporte da WAM, a dupla já disputou três campeonatos e venceu um, já sendo considerada a principal dupla de futevôlei de Caldas Novas e uma das principais do estado de Goiás

João Carlos, atleta de Taekwondo

Outra modalidade esportiva em que a WAM Brasil também apoia é o taekwondo, com o garoto João Carlos Soares Mota de Souza, de 16 anos, de Caldas Novas. O jovem atleta já é uma das principais promessas do Brasil para os Jogos Pan-Americanos e Olímpicos.

Praticante desta arte marcial desde os 6 anos de idade, João Carlos é faixa preta 2º Dan e se especializou no estilo Poomsae, que são demonstrações de golpes e movimentos, já tendo participado e vencido Campeonatos Goianos, Brasileiros e Copa do Brasil. No ano passado foi convocado pela Seleção Brasileira de Taekwondo para disputar o mundial em Taipei, em Taiwan, para a competição de Poomsae Freestyle, que são os golpes e movimentos tradicionais juntos com música e coreografia. João Carlos voltou para o Brasil em 10º na colocação, entre 24 competidores.

O pai do atleta, Carlos Antônio, diz que não teria condições de manter o filho treinando se não contasse com o suporte de empresas privadas, como a WAM, e o poder público, Governo de Goiás e Prefeitura de Caldas Novas. ”Sem esses apoios não conseguiríamos manter o João Carlos focado apenas em treinar e estudar”, conta o pai do atleta.

Outros esportes com apoio da WAM Brasil: em Olímpia, patrocínio ao Olímpia Futebol Clube, desde 2016; em Porto Seguro, pela 3° vez consecutiva, patrocínio a Meia Maratona.