Bourbon Destination Club é o clube de férias da rede hoteleira


Rede Bourbon, idealizada há mais de 55 anos, conta com 21 empreendimentos em 3 países da América Latina (Brasil, Argentina e Paraguai), 9 estados e 18 cidades, com um total de mais de 4 mil acomodações confortavelmente equipadas. Pensando sempre na mudança e inovação, alinhada com as principais tendências do mercado, a Rede acaba de entrar no mercado de timeshare, conceito de hospedagem que garante às famílias férias o ano todo. Trata-se do Bourbon Destination Club, um produto que permite a aquisição de pontos que dão direito a usufruir de hotéis e resorts Bourbon em um determinado período de tempo.

A consolidação deste projeto se dará no ARDA – American Resort Development Association, maior evento mundial sobre Propriedade Compartilhada que acontece entre os dias 8 e 11 de abril, na cidade de Orlando (Flórida). A convite da RCI – Resorts Condominiums International, que será a parceira intercambiadora do projeto, assinará a afiliação o presidente da Rede Bourbon, Alceu Ântimo Vezozzo Filho.

Rede Bourbon entra no mercado de timeshare no momento de maior expansão deste segmento. O Bourbon Destination Club será comercializado em parceria com a JAM L&T e a TC Brasil e contará com salas de vendas no Bourbon Cararatas do Iguaçu Resort (PR) – a partir de junho e no Bourbon Atibaia Resort (SP) – até o final do ano. Os clientes poderão usufruir de mais de 4.300 hotéis filiados à RCI, em mais de 100 países, além de poderem fazer intercâmbio de seus pontos com todas as unidades da Rede Bourbon. A pontuação necessária para cada hotel ou resort é variável de acordo com o destino, categoria e período desejado, permitindo férias planejadas e acessíveis no conceito que nasceu na Europa na década de 60 e que atualmente é um sucesso no mundo todo.

Sobre a RCI

Há 45 anos, a RCI é pioneira na indústria da propriedade compartilhada e lidera, em nível mundial, o setor.  Hoje, a empresa possui no portfólio 238 empreendimentos afiliados somente no Brasil. No mundo, a intercambiadora contabiliza 3,9 milhões de sócios e mais de 4.300 resorts em 110 países, 6.000 colaboradores, 50 escritórios e 1,7 milhão de intercâmbios anuais.

O resultado da última pesquisa apresentada pela FGV – Fundação Getúlio Vargas identificou que em 2017, 100,9 mil programas de férias compartilhadas foram comercializados, o que resulta em uma venda bruta de R$ 1,2 bilhão. Os números confirmam o crescimento e potencial do segmento como um multiplicador e facilitador de oportunidades. Além do crescimento orgânico orientado pelo próprio bom momento do mercado, a RCI observa a expansão do interesse do público em propriedade compartilhada.

Fonte: Assessoria de Imprensa Bourbon

Please follow and like us: